Devaneios de Luluzinha – EQUILIBRISTA


written by Marco Sassen on March 2, 2016

 

Acordo às vezes com uma sensação estranha de que perdi os dentes enquanto dormia.

 

Não sei que importância é essa toda que atribuo aos dentes, mas sinto como se essa parte de mim que se perdeu pela noite tenha levado com ela a leveza do corpo e deixado um desconforto.

 

Sinto-me pesada apesar do desconto dos dentes.

 

É como uma conta que nunca fecha.

 

Nesses dias em que acordo com a alma desdentada, tenho sede de coisas que nem sei.

 

Melhor beber umas e outras pra acabar o dia sorrindo, ainda que banguela.

 

Melhor perder a conta pra depois fechar a conta.

 

(Por Luisa França)


Leave a comment