Arte e história em Amsterdam


written by Marco Sassen on January 25, 2016

Quer mais tempo para se esbaldar no bairro da luz vermelha e nos Coffee Shops de Amsterdam? O que você precisa é de um… MuseumKaart!!!

 

Tenho alguns amigos que conhecem Amsterdam. A maioria deles apenas passou rapidamente pela cidade, e no geral visitaram algum (ou alguns) Coffee Shops, passearam na bairro da Luz vermelha para ver as vitrines onde se exibem as “moças bondosas” (modo muito simpático que Van Gogh ocasionalmente chamava as prostitutas), e mais um ou outro passeio, como o Heineken Experiente e a casa de Anne Frank.

 

Mas o negócio é que Amsterdam tem vários museus espetaculares, sem similares no Brasil, e que merecem, pelo menos alguns, uma visita. Quando passei por lá, conheci vários e garanto que a maioria vale a pena. E é aí que entra o MuseumKaart, que é um cartão que dá acesso a mais de quatrocentos museus na Holanda e tem validade de um ano! Com ele, você não precisa ficar comprando ingresso e, dependendo do museu, tem uma fila própria muito menor. Ou seja, você pode economizar algum dinheiro, dependendo de quais e quantos museus pretende visitar, e ainda economizar no tempo de viagem, podendo ganhar um fim de tarde em um dos parques da cidade ou em um Coffee Shop, por exemplo.

 

Segue uma listinha com alguns dos bons museus da cidade, além de alguns de temática mais peculiar:

 

– Casa de Anne Frank: Trata-se da casa onde a judia Anne Frank se escondeu dos nazistas com sua familia e alguns amigos na segunda guerra mundial. É possível imaginar como viveram enclausurados durante vários meses até serem descobertos, e o fim comovente de toda a história, após serem denunciados. O pai de Anne, único sobrevivente da familia, editou o diário da menina após o fim da guerra. Dependendo de cada um, pode ser uma visita pesada.

E$9 / E$4.50 (até 17 anos)

 

– Museu Van Gogh: O museu tem uma grande coleção de obras do pintor, entre desenhos e pinturas, além de objetos de trabalho e obras daqueles que tiveram participação em sua vida turbulenta, como Gauguin, Bernard, Peter Russell e outros. As cartas que enviou a seu irmão Théo também fazem parte do acervo do museu, que teve como ponto de partida exatamente as obras que pertenciam a cunhada e sobrinho do artista.

E$17 / Grátis (até 17 anos)

 

– Rijksmuseum: O grande museu de arte da Holanda. Seria mais ou menos equivalente ao louvre em Paris. Exibe uma farta coleção de temas mais tradicionais como pinturas e esculturas, mas também alguns temas mais exóticos, como as cerâmicas, casas de bonecas, instrumentos musicais, armas e armaduras medievais e réplicas de navios. Imperdível.

E$17,50 / Grátis (até 17 anos)

 

Rijks

 

– Casa de Rembrandt: Conheça a casa que o grande artista holandês habitou. Além de ser especialmente interessante para aqueles que apreciam e/ou praticam pintura, existe um outro lado muito legal, que é ver como as pessoas viviam no século XVII. Recomendo pegar o audioguia, para entender coisas bizarras como o porquê das pessoas dormirem em camas construídas dentro de armários, por exemplo.

E$12,50 / E$4 (de 6 a 17 anos) / Grátis (até 6 anos)

 

– Oude Kerk: Uma igreja totalmente fora do padrão das nossas igrejas católicas ou evangélicas brasileiras. A distribuição dos assentos não segue o padrão convencional, o chão é composto de túmulos (um deles, da esposa do maior pintor holandês de todos os tempos, Rembrandt). Mas o que surpreende é que como a igreja fica na entrada do bairro da luz vermelha, “as meninas” tem vitrines de frente para a igreja. Quem resolve fornicar por ali só precisa atravessar a rua para se redimir.

E$7,50 / Grátis (abaixo de 13 anos)

 

– Museu Hermitage Amsterdam: Espécie de filial do grande museu russo. Museu muito bonito por dentro, e que costuma trazer exposições temporárias de artistas importantes. A exposição da vez mostra trabalhos dos grandes mestres espanhóis, e vai até maio deste ano. Quando estiver em Amsterdam, consulte a exposição da vez em http://www.hermitage.nl/.

E$15 / Grátis (até 17 anos)

 

– Stedelijk Museum: Museu de arte moderna de Amsterdam.

E$15 / Grátis (até 17 anos)

 

– Museu do Xadrez: Um museu com a história deste jogo mais popular por lá que aqui.

http://www.amsterdam.info/museums/chess-museum/

Grátis

 

– Museu da Bíblia: Coloquei este na lista especialmente pela peculiaridade do tema. Trata da história deste livro e de toda a sua influência. Não conheci este museu pessoalmente, já que não sou dos mais ligados a estes assuntos. Mas pode interessar aos mais religiosos ou, quem sabe, aqueles que se excederam no bairro da luz vermelha e estão arrependidos.

http://www.amsterdam.info/museums/biblical_museum/

E$8 / E$4 (de 6 a 17 anos) / Grátis (até 6 anos)

 

Amsterdam---FIm-de-tarde

 

Com o museumKaart você sabe o quanto vai gastar com estes passeios e pode se programar, já que o valor é fechado: E$ 59,90. Achou caro? Saiba que uma farrinha com as moças bondosas custava E$50 em 2014. Mesmo se considerar que elas são tão bondosas que até hoje não aumentaram o preço, é quase o preço do MuseumKaart. E com certeza não vai ser um prazer que vai durar um ano!

 

Outra coisa legal: Os museus holandeses são muito bons para trazer lembranças bacanas de viagem. Livros, posters ou aquelas souvenires de sempre: Canecas, Imã de geladeira, adesivos, calendários, etc.

 

MuseumKaart

Mais de 400 museus / 32 em amsterdam

Valor: E$59,90 (adultos) / E$32,45 (crianças e adolescentes)

Informações: http://www.museumkaart.nl/

http://www.amsterdam.info/museums/museumkaart/

 

(Arte de capa e foto ilustrativa by Thiago Costa)

 

Thiago “Rulius” Costa

 

Viajante, escritor, pintor, papai, jardineiro e analista de sistemas nas horas vagas 


Leave a comment

  • Polyana

    Muito legais as dicas do museus… Se eu não soubesse à tempo desse museumKaart iria gastar meu precioso euro pagando entrada em cada um… Valeu rs..